sexta-feira , 24 novembro 2017
enpt
Home / Colunas / Duels in Time / Posicionamento estratégico no Legacy

Posicionamento estratégico no Legacy

Bem-vindos duelistas de todo o multiverso, mais uma semana e com ela um novo post na coluna Duel’s In Time para o site Eternal Magic. Dessa vez vamos focar no posicionamento estratégico no Legacy.

Na minha última postagem, defini o Legacy como uma vertente do jogo onde existem três segmentos (Agressivo, Controle e Combinação), mas que não é absoluto, nem existe consenso. Tecerei as considerações sobre este modelo, e para isso usaremos exemplos práticos para apoiar a teoria. Nos dias 15 e 16 de junho ocorreu o GP Las Vegas, que foi um encontro de gigantes em todas vertentes do jogo, e contou com a cobertura especial do Eternal Magic.

A abertura do evento foi um GP Legacy que contou com a presença de 2656 jogadores, e que foi uma versão amplificada de todos os campeonatos Legacy que acompanhamos até o momento. E nesse ponto vemos a tríplice fronteira que delimita o formato.

Um território, três reinos, muitas possibilidades.

O posicionamento estratégico no formato visa a melhor escolha dos recursos com o objetivo de VITÓRIA, mas com a missão de ter POUCAS BAIXAS. Neste quesito há três pontos de análise fundamentais em qualquer deck: velocidade, sinergia (interação) e imposição (domínio).

A velocidade é a medida direta de quanto tempo (turnos) um deck precisa para obter a vitória. Com uma estratégia direta e focada, um deck não demora mais que 3 ou 4 turnos para alcançá-la. Tem como principais pontos fracos a interferência na curva de mana, pois em geral trabalha com poucas fontes de mana, alguns controles de campo e mão, ou ainda a interações que não temos como responder. Decks com esta vertente mais acentuada em relação às outras são a estratégia agressiva, e do GP Legacy, as listas mais evidentes são: UR Delver e Burn.

A sinergia, ou interação, é a medida de como as cartas se relacionam entre si na construção da estratégia de vitória. O primeiro ponto é avaliar quais as cartas são a condição de vitória (kill condition), quais cartas dão acesso (tutoram) à condição de vitória e se a retirada desta carta inviabiliza a estratégia inicial do deck. As principais baixas são o controle de campo ou de recursos. Decks com esta vertente mais acentuada em relação às outras são a estratégia combo. No GP Legacy, as listas mais evidentes são: Sneak Attack e Elves.

A imposição, ou domínio, é a medida de como o deck interfere na construção da estratégia adversária, exaurindo os recursos do oponente antes. Exaurir recursos é fazer com que cada jogada realizada tenha o maior impacto realizando baixas constantes nos recursos do oponente. Decks com esta vertente mais acentuada em relação às outras são a estratégia controle. No GP Legacy, podemos ver em ação: Miracles Control e 4 Color Control.

Há decks que fazem algo nas três vertentes, contudo não conseguem atuar bem em todas, ou mais de uma ao mesmo tempo, sem perder a eficiência. A combinação de duas destas estratégias que tem grande sucesso é a midrange, que combina o uso inicial de estratégias do controle de recursos com a imposição de velocidade do agressivo. É importante destacar que o recurso para adaptar as estratégias são os mais amplos possíveis, mas nem por isso coloca o deck de maneira explícita dentro da classificação. Vou usar como exemplo o deck campeão do GP Legacy, e também da Lampions League: Death & Taxes.

A estratégia inicial deste deck é agressiva,  com 26 criaturas, impondo um tempo reduzido de jogo ao oponente. A parte controle,  que também vem dos terrenos, de algumas criaturas e da interação de outros recursos, é um diferencial do deck, que o faz ser definido como midrange. Enumerando e classificando as interações:

  1. Wasteland e Rishadan Port: São dois dos terrenos utilitários que modelam o legacy. Fazem interferência direta na construção da base contra os oponentes (controle).
  2. Aether Vial: Ajuda em obter presença em campo, ou ainda outras interações, com poucos recursos (agressivo).
  3. FlickerwispPhyrexian RevokerRecruiter of the GuardSanctum Prelate, Thalia, Guardian of ThrabenSpirit of the Labyrinth e Stoneforge Mystic: Além de serem elementos de pressão, são utilitários que fazem interação para controle de recursos, por si, ou no auxílio (agressivo / interação / controle).
  4. Mirran CrusaderSerra Avenger: São os principais elementos de pressão (agressivo).

Tendo como base estes pontos, qual seria a melhor classificação para este deck? Vamos olhar um deck midrange clássico para comparar, o The RockJunk, ou, como é mais conhecido atualmente, o Abzan.

Nesta lista temos 25 cartas que realizam controle e apenas duas criaturas que fazem pressão em campo de batalha. Isto garante um controle de recursos e pressão no momento exato.
Em momento oportuno pautaremos estes conceitos, com números na coluna Arcane Laboratory, então fiquem ligados.
E ainda uma análise S.W.O.T. para cada um destes fundamentos, aguardem.

Um adendo especial ao post, bons ventos vindos do Nordeste trouxeram notícias de eventos na Bahia e no circuito que reúne Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Então fica ligado na agenda, e em breve matérias especiais com estas ligas.
Abraços e até a próxima semana.


Agenda dos próximos eventos:
Liga Playground Legacy – 22/06/17
Local: Playground – Rua Boa Vista de Brotas, 7, segundo andar – Engenho Velho de Brotas – BA
Inscrição: R$ 20,00

4ª Etapa da Liga Mineira – 25/06/17
Local: UG CardShop – Rua dos Pampas, 17 – Prado – Belo Horizonte – MG
Inscrição: R$ 30,00

23ª Alpha Legacy – 01/07/17
Local: Magic Store Brasil – Rua Conde de Bonfim, 485, slj 204 – Rio de Janeiro – RJ
Inscrição: R$ 35,00

2ª Etapa Lampions League Legacy – 09/07/17
Local: Geek Pit – Rua Conselheiro Aguiar, 3119 – Boa Viagem – Pernambuco – PE
Inscrição: R$ 30,00

8ª Etapa do Legacy RS – 09/07/17
Local: Pharaoh’s Shop – Rua Bento Goncalves, 2173, Novo Hamburgo – RS
Inscrição: R$ 40,00

6ª Etapa Circuito Legacy Catarinense – 16/07/2017
Local: Blackout Card Games – Rua Uruguai, 91 – sala 02 Ed. Mont Blanc – Centro – Itajaí – SC
Inscrição: R$ 50,00 (em Dinheiro)
Rodada: 10:00 em Ponto

Mais informações no site de cada associação. Caso tenha algum torneio rolando nos avise para colocarmos aqui.

Sobre BRKamus

Erick Santos é marido, pai, engenheiro, amante de magic e adora colecionar decks, principalmente os inesperados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *