quinta-feira , agosto 6 2020
Home / Colunas / Modern Semanal / Modern semanal – a nova coluna para os amantes desse formato

Modern semanal – a nova coluna para os amantes desse formato

Olá! Meu nome é Raphael Prais, sou um ávido entusiasta do Modern e o plano nessa coluna é trazer o que há de melhor (ou pior) no formato: a incrível variedade de decks que não são Tier 1 mas são plenamente viáveis, no máximo precisando de alguma sintonia fina para trazer grande felicidade para seu piloto e aquela frustração maravilhosa que só o Modern pode proporcionar aos oponentes sem hate no sideboard.

Abrindo com chave de ouro a coluna com uma staple bem antiga que volta e meia ressurge nos ermos do Modern!

Não precisa de nenhum Phd em magic para entender o funcionamento da carta, você rampa até chegar em 7 ou 9 de mana e coloca em campo dois dos bichos mais problemáticos que estiverem à sua disponibilidade.

Para o artigo busquei uma lista com bom resultado já que a grande graça aqui é mostrar as jerebas de sucesso:[vc_row][vc_column][vc_text_separator title=”Tooth and Nail – por Uegjo (Competitive Modern League 25/05/17)” color=”sandy_brown”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]15 Creature
4 [mtg_card]Arbor Elf[/mtg_card] 2 [mtg_card]Birds of Paradise[/mtg_card] 1 [mtg_card]Emrakul, the Aeons Torn[/mtg_card] 3 [mtg_card]Eternal Witness[/mtg_card] 1 [mtg_card]Hornet Queen[/mtg_card] 1 [mtg_card]Primeval Titan[/mtg_card] 2 [mtg_card]Voyaging Satyr[/mtg_card] 1 [mtg_card]Xenagos, God of Revels[/mtg_card]

8 Enchantment
4 [mtg_card]Overgrowth[/mtg_card] 4 [mtg_card]Utopia Sprawl[/mtg_card]

3 Instant
3 [mtg_card]Fatal Push[/mtg_card][/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]21 Land
8 [mtg_card]Forest[/mtg_card] 1 [mtg_card]Kessig Wolf Run[/mtg_card] 1 [mtg_card]Khalni Garden[/mtg_card] 1 [mtg_card]Nykthos, Shrine to Nyx[/mtg_card] 1 [mtg_card]Overgrown Tomb[/mtg_card] 2 [mtg_card]Stomping Ground[/mtg_card] 3 [mtg_card]Windswept Heath[/mtg_card] 4 [mtg_card]Wooded Foothills[/mtg_card]

4 Planeswalker
3 [mtg_card]Garruk Wildspeaker[/mtg_card] 1 [mtg_card]Nissa, Worldwaker[/mtg_card]

9 Sorcery

2 [mtg_card]Harmonize[/mtg_card] 3 [mtg_card]Primal Command[/mtg_card] 4 [mtg_card]Tooth and Nail[/mtg_card][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]Numa análise rápida vê-se a engine principal do deck, que é usar [mtg_card]Utopia Sprawl[/mtg_card] e [mtg_card]Overgrowth[/mtg_card] em conjunto com o [mtg_card]Voyaging Satyr[/mtg_card] e o [mtg_card]Arbor Elf[/mtg_card] pra gerar grandes quantidades de mana o mais rápido possível. A grande diferença dessa lista foi a adoção de [mtg_card]Fatal Push[/mtg_card] como remoção para os primeiros estágios do jogo onde esse tipo de estratégia tem menos força, o que dá mais chances de chegar no mid/late game, abusar da [mtg_card]Eternal Witness[/mtg_card] e dos planinautas para então fechar com [mtg_card]Tooth and Nail[/mtg_card] ou mesmo jogando uma das grandes ameaças do deck. Destaque especial para o combo maravilhoso que é buscar [mtg_card]Emrakul, the Aeons Torn[/mtg_card] e [mtg_card]Xenagos, God of Revels[/mtg_card] no Tooth and Nail!

Dando um pouco mais de atenção ao midgame desse deck vale comentar sobre as cartas que desenvolvem o jogo, a [mtg_card]Nissa, Worldwaker[/mtg_card] permite punir decks mais lentos com bastante facilidade além de impulsionar o combo desvirando terrenos encantados com [mtg_card]Sprawl[/mtg_card] ou [mtg_card]Overgrowth[/mtg_card], o [mtg_card]Garruk[/mtg_card] gera um bom campo com suas Bestas 3/3 e também acelera o combo, [mtg_card]Harmonize[/mtg_card] permite que se encontre mais ferramentas ou mesmo os finalizadores ([mtg_card]Tooth and Nail[/mtg_card] ou um dos bichos maiores). Única carta que parece ser muito boa nesse deck mas foi brutalmente esquecida foi a [mtg_card]Bonfire of the Damned[/mtg_card], comumente usada pelos G/R Ponza (mas esse vou deixar para outra oportunidade).

No sideboard figuram algumas cartas interessantes:

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_text_separator title=”Sideboard” color=”sandy_brown”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]6 Creature
1 [mtg_card]Courser of Kruphix[/mtg_card] 1 [mtg_card]Dragonlord Atarka[/mtg_card] 1 [mtg_card]Obstinate Baloth[/mtg_card] 2 [mtg_card]Scavenging Ooze[/mtg_card] 1 [mtg_card]Thragtusk[/mtg_card]

4 Enchantment
2 [mtg_card]Blood Moon[/mtg_card] 1 [mtg_card]Choke[/mtg_card] 1 [mtg_card]Leyline of Sanctity[/mtg_card][/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]2 Instant
1 [mtg_card]Ancient Grudge[/mtg_card] 1 [mtg_card]Nature’s Claim[/mtg_card]

3 Sorcery
1 [mtg_card]Creeping Corrosion[/mtg_card] 2 [mtg_card]Crumble to Dust[/mtg_card][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]Courser, Ooze, Baloth e Thragtusk são cartas que enriquecem muito esse midgame, provavelmente para matches em que esse deck precisa se defender nas primeiras etapas e só depois de controlado o campo começar a baixar os principais finalizadores. [mtg_card]Blood Moon[/mtg_card], [mtg_card]Claim, Leyline[/mtg_card], [mtg_card]Crumble to Dust[/mtg_card], [mtg_card]Creeping Corrosion[/mtg_card] e [mtg_card]Ancient Grudge[/mtg_card] são hates comuns ao formato, sempre visando atrasar estratégias específicas. Sobrando [mtg_card]Choke[/mtg_card] e a [mtg_card]Dragonlord Atarka[/mtg_card] como cartas bem menos comuns no formato, a primeira é um hate clássico para decks azuis mas pouco usado devido às fast lands e a segunda é um beater que já viu bastante jogo no Standard mas brilha muito pouco no Modern pois outras cartas com custo próximo têm muito mais potencial de impacto no campo.

Finalizando a análise do [mtg_card]Tooth and Nail[/mtg_card] vê-se um deck com interações interessantes que conseguem estressar as ferramentas dos decks de midrange e atrasar os decks mais agressivos até o inevitável endgame. A maior fraqueza vem da ausência de card advantage ou ferramentas de card selection mas o prazer de dar um [mtg_card]Tooth and Nail[/mtg_card] com [mtg_card]Entwine[/mtg_card] no turno 4 compensa toda a frustração do top deck ruim dessa jereba maravilhosa. As únicas mudanças esperadas seriam a adição de [mtg_card]Bonfire of the Damned[/mtg_card] e [mtg_card]Terastodon[/mtg_card]  que respondem diversas dificuldades que o deck poderia encontrar e parecem mais confiáveis que [mtg_card]Dragonlord Atarka[/mtg_card] e [mtg_card]Choke[/mtg_card].

Espero que tenham gostado e se tudo der certo nos vemos no próximo Modern Semanal![/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

About Raphael Prais

Jogador de Magic em Todos os Formatos, Amante do Modern e do Legacy, Pai dos Tokens de Elemental Vermelho 1/1, Protetor das Jerebas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *