sábado , 16 dezembro 2017
enpt
Home / Reports Campeões / Report do Campeão do Open São Lourenço, Davi Pereira

Report do Campeão do Open São Lourenço, Davi Pereira

Salve galera que curte um Legado, pra quem não me conhece me chamo Davi Pereira, também conhecido por muitos com DK, jogo magic faz uns 7 anos, já joguei de tudo que é formato, mas no momento jogo exclusivamente legacy, melhor formato tem nem o que falar. Vamos ao que interessa… Tive o prazer de ser campeão do Open São Lourenço no último semana, um campeonato impecável, provavelmente o mais bem organizado do país sem ajuda da wizards (se pah até melhor organizado que esses GP BR bagunçados…), e vou contar um pouco de como foi minha saga pra levar o troféu.

A escolha do deck foi bem fácil, já vinha fazendo resultados de Stoneblade faz uns meses, fui campeão da nona temporada do circuito ligamagic legacy com a versão esper. Entretanto após o Grand Prix SP percebi que precisava dar uma mudada, no power legacy do sábado usei o Esper fiz 3-3 tomando duas surras para decks controle, uma para um Czech Pile e outra pra um UWR Blade, essa segunda match em específico foi muito importante, enfrentando o Thiago Duarte percebi como a versão dele era boa e resolvi me arriscar de UWR, no domingo no Power Legacy já obtive resultados de UWR fechando 4-2. Após mais 4 campeonatos fechei uma lista que julguei bem sólida:

Jeskai Stoneblade

Viajei no sábado de madrugada mesmo pra São Lourenço, cheguei por volta de 11 horas no local do evento. Sem mais delongas e preparem que vem um texto grande.

R1 – Thiago Duarte (MG) 0-2 UWR Blade

Logo de cara um dos bons amigos que fiz nesse ano de MTG e o maior responsável por minha escolha do UWR Blade, sabia o deck que ele estava. Lembro que no g1 tirei dois TNNs com Council’s Judgment e snap CJ, e parecia bom pro meu lado, até que casto meu primeiro snapcaster e vem a surpresa… pyroblast no meu snapcaster (Thiago optou por botar uma pyroblast e uma red elemental blast main deck pra abrir espaço pra Blood Moons no side). Tomei mais um snap pra pyroblast, uma red elemental, um Jace que sabiamente deu fateseal quando entrou e não morreu pro bolt na minha mão… ganhou com o card advantage do Jace. G2 comecei mais agressivo fiz clique t3, morreu pra uma plowshares, vi explosivos, CJ, supreme verdict, fow, mantive, fiz tnn, depois arrisquei tudo, vi que ele parou na land 3, e sem uma segunda branca, ai fiz um segundo tnn pra agredir, mas ele começou a comprar lands e matou os tnn com explosivos (tentei dar counterspell, mas ele comprou uma pyroblast) e tomou conta do jogo com uma stone que não achei remoção e trouxe o amiguinho Batterskull.

Comecei mal, mas não passa nem por um momento o sentimento de “não dá mais”. Bora vencer 6 seguidas.

0-2 (0-1)

R2 – Mauro Edi (RJ) 2-1 BR Reanimator

Outro bom amigo que fiz no MTG esse ano. Mauro costuma variar um pouco de deck, mas o que vem tendo mais sucesso é o Grixis Delver então assumo que está de Grixis e… erro. Começo de mana ponder feito com a intenção de achar um segundo terreno que ainda não tinha, inocentemente acho uma Karakas e deixo no topo. Ele abre de mana, pétala, ritual, descarta minha fow, looting, reanimate no grisel… parece fair…. Meu turno Karakas vai. Ele ataca, bounce no grisel e ele compra 7 em resposta já são 17 de dano (-8 reanimate -7 habilidade do grisel, -2 Seize). Olho pro bolt na minha mão e penso “Ganhei”, ele me dá um descarte escondo o Bolt no topo com BS e passa. Acontece que não tinha a mana vermelha, mas tinha achado outra bs, que planejo usar o mais tarde possível. O jogo segue e ele reanima um Chancellor com Animate Dead… ok ele bate 4 por turno ainda tenho 20…sigo comprando só coisa inutil, nem bicho compro… ele reanima outro Chancellor que também bate 4, estou a 8 de vida, hora do tudo ou nada… faço BS pagando 3 manas e não me aparece uma fucking mana vermelha…. G2… Já estou amaldiçoando os Deuses do Magic e pensando que não é meu dia. G2 keepo uma mão com fow e contaiment priest pra parar o combo dele, faço mana vai, ele mana pétala, seize, escondo o priest no topo com bs ele tira fow e faz entomb grisel passa, faço mana vai, ele mana exhume e respondo com priest, ele nunca acha resposta pra priest e eu faço uma stone pra fire and ice que conecta uma duas vezes e game. G3 Mulligo a 6, keepo uma mão sem lands, duas fows, um pitch outra priest batter e alguma outra coisa, scry pra baixo ja que não era land. Ele revela chancellor abre de pétala looting e passa… Opa o duelo dos decks sem land… eu compro land vai, ele tbm compra land e faz reanimate, eu fow pitch fow pagando 1, volta e eu compro outra land vai. Ele passa sem fazer nada desço o priest. Meu turno compro Stone faço, busco batter passo, turno dele faz dark ritual mata mru priest com bruttality e passa. Volta pra mim compro pierce passo. Ele continua sem fazer nada sem lands e baixo batter. Ele acha segunda land, faz exhume toma pierce. Volta pra mim continuo clockando depois de comprar um counterspell, ele tenta mais uma reanimação toma counter e morre pra Batter.

2-1 (1-1)

R3 – Leandro Pinho (RJ)  2-1 Burn

Não conhecia o oponente, mas fui informado que estava de D&T, keepo uma mão com Stoneforge e TNN que costumam detonar contra D&T, estou no play faço mana ponder, ele mana montanha… montanha… perai, algo de errado não está certo. Mudança de planos, stone pra batterskull em vez de jitte, ele faz chain lightning na stone, dou fow,  chain lightnn na stone again e resolve, passo, ele começa a comprar mal, batter no hard cast ele tenta dar dois bolts na batter, anulo um com fow, bato uma vez ganho 4 ele acha um fireblast que mata a batter, mas continua comprando mal e da tempo de castar a batter de novo e levar o game. G2 keepo uma mão mais ou menos só por causa de uma stoneforge, que depois de buscar a batter toma remoção e sou punido eternamente por um Edoilon que nunca acho uma resposta… G3. Keepo com vários counters e cantrip, abro de mana ponder que acha uma stoneforge, ele mana vai, eu mana vai, ele mana edoilon que é anulado por counterspell, faço tnn, ele mana vai, faço stone pra jitte, ele não usa as 3 manas penso “Hummm, quantas destruição de artefato e dano em criatura ele tem na mão? Ele continua no mana vai, e vou batendo de tnn sem descer a jitte, até que ele se tapa dando uns burn na minha cara, faço jitte equipo e ataco, ele volta de mana vai… ai é só alegria, continuei batendo de tnn, ganhando vida com Jitte e é sucesso.

2-1 (2-1)

R4 – Gustavo Martins (MG) 2-1 Melfork

Já conhecia o Gustavo e sabia que estava de Melforks. Keepei uma mão com duas remoções, um snap, councils e lands, ele abriu os primeiros 3 turnos fazendo bichos e todos tomaram remoções, tentei fazer uma Stoneblade mais levei uma FoW, ele fez um cálice pra 1 que caiu, fiz um TNN vindo do topo, ele parou de comprar criaturas e fui clockando de TNN, ele fez um cálice pra 2 e obviamente meu próximo draw foi um snap… continuei batendo e ele não comprando bichos, ele faz um cálice pra 3 e obviamente meu próximo draw foi um TNN… Quando eu estava a 4 de vida ele comprou um TNN e castou, voltou pra mim e bati, ganhava no próximo dano do meu TNN… “Ok, ele só não pode comprar um lord”, nem preciso dizer o que ele comprou… G2. Aqui vi a minha eliminação do torneio passar bem perto… Fiz ponder vai, ele vial vai, stoneforge pegando Fire and Ice vai, ele só mana vai, passei com mana aberta pra ativar a Stone, ele passou de novo sem fazer nada, desci a fire and ice e tomo um Grip of Phyrexys… “Deu ruim”, faço uma BS e acho umas removal, passo ele ataca exilo o token de germ com plowshares, ele faz um phantasmal copia minha stone e busca Mankiri-Gusari, aí a sorte virou pro meu lado, compro uma batter e passo, ele desce algum bicho, que toma bolt, desço a batter, compro jitte que casto e equipo, e a combinação dos dois artefatos leva o game… G3. Mana vai pros dois, lord do outro lado, stone do meu pego uma Jitte, ele faz algum bicho, compro e passo, ele fica me agredindo com seus bichos, baixo jitte no passe, equipo bato com a Stone dois counters, ele me ataca com lord, outro bicho e mutavalt, mato o lord com a jitte, dou block com um snap na mutavault que não tem nada pra recapitular, compro e faço um TNN, ele ainda faz um Phantasmal pro meu TNN e mais um TNN, mas Council’s Judgment e Snapcaster dão conta deles, daí pra frente a jitte leva o jogo sozinha… Ufa, passou perto da segunda derrota, mas comprei bem.

2-1 (3-1)

R5 – Phellipe Ribeiro (RJ) 2-1 Grixis Delver

Conhecia o Phellipe, e sabia com qual deck estava, inclusive vivo dando dicas pra ele de side haha. Não lembro quase nada do G1, sei que ele fez o combo Pyromancer + Therapy e levou 3 cartas da minha mão, resolveu TNN e Gurmag e não tive chances… G2 dei sorte que ele nunca comprou uma mana preta, mesmo fazendo diversas cantrips, aí não teve como descartar meus equipamentos e juntei o megazord, Germ equipado com Batterskull, Jitte e Fire and Ice. G3 foi bem tenso, mulligo a 6, keepo uma mão bem ruim com planicie, tundra, 2 explosivos, plowshares e fire and ice… se eu tomo wasteland perco, se tomo cabal tbm… mas vamos lá, ele abre de pobre e já fico esperando vir a therapy pros explosivos, mas ele faz ponder, casto um explosivos pra 1 já esperando o pior, volta pra ele e casta justamente a Therapy e tira meu outro explosivos, começo a topdeckar fetchs que buscam básicas e resolvo outro problema, ele faz um shaman que toma plowshares, outro que me faz usar o explosivos pra 1, faz um delver que toma outra plowshares, ai casto uma Batter no hardcast sem mana pra daze que resolve, ele mata o token com édito, carto outra stoneforge pra fire and ice que morre pra raio, vamos trocando recurso até que um TNN meu caí, e depois ele vira um 7/5 lifelink vigilância e leva o jogo sozinho contra a mesa dele que tinha delver, shaman, gurmag, tnn. Acabou que o Phellipe demorou pra usar as Wastelands dele, o que me deu muita mana pra brincar com a Batterskull.

2-1 (4-1)

Talvez ganhando mais um jogo dê pra dar ID na última rodada, tá ficando bom.

R6 – Hermano Menezes (RJ) 2-0 Death & Taxes

Não conhecia o Hermano, e não fazia ideia do que estava jogando, ele mulliga a 6 e eu começo de mana vai, ele de planície vai, ficou fácil de saber contra o que estou jogando. Acho a boa e velha Stoneforge que busca Jitte, depois vem o amiguinho TNN, ainda faço outro TNN e Snap, ele não compra bem e não resiste ao TNN equipado com Jitte. Não lembro muito do G2, mas de novo ele estava com uma mão bem lenta e sofreu pros meus TNN com Jitte. Infelizmente pra ele as mãos foram bem ruins e consegui fazer TNN com Jitte rápido, aí não teve jeito, foi uma partida bem rápida.

2-0 (5-1)

Nesse momento estou crente que vou poder dar ID na última, já bem aliviado que consegui fazer 5 vitórias seguidas, mas quando olho os standings parece arriscado, então eu e meu oponente resolvemos jogar.

R7 – Henrique Belumat (MG) 2-0 Eldrazi

Não conhecia o Henrique, mas já vi ele jogando pela Liga Mineira, e sempre estava de D&T, então assumo que está com isso e… erro. Faço mana vai e ele mana Olho de Ugin… antes de continuar vamos a fatos importantes sobre mim: Todo deck que monto é horroroso contra Eldrazi, venci a match uma vez na vida, e já perdi umas 15 vezes… quando vi aquele Olho de Ugin só tive vontade de morrer “Porra, logo na última rodada valendo top 8 enfrento esse inferno de deck?” Mas a esperança é a última que morre… volto de land vai, ele wasteland e faz Reshaper, volto de plow no Reshaper e passo, ele passa sem descer a terceira land, eu continuo não achando ação, ele compra uma caverna faz um TKS dou uma das duas plow em resposta ao trigger compro uma Stone que ele exila, compro uma cantrip que acha outra Stoneforge que busca Batterskull, ele para na quarta land mata minha stoneforge com dismember, chego a quinta mana e casto a batter, ele continua zicado de mana, acho Jitte que equipo na Batter, daí pra frente foi só meu op castando vários blockers e adiando o letal, mas uma hora acaba. G2 keepo mão com resposta pra cálice, e ele abre de tomb cálice pra um, volto de land explosivos pra 0 e passo, ele volta de bomba de catraca, eu de land vai, ele de Revoker que respondo estourando o explosivos, revoker pra jace, faço uma Stoneblade pra Batter, ele exila minha stone e continua não botando muita pressão, consigo castar a batter, mas ele da um dismember, aí ele faz um TKS, que olha minha mão com Jace, Snap, BS e uma Vendilion se não me engano, tira o Snap e passa, eu passo de volta, ele faz um Endless One 5/5 a essa altura eu já estava com 7 de vida enfrentando letal, compro uma land e não tenho resposta pra nenhum dos bichos, faço uma bs, que me acha simplesmente 3 plowshares! Nunca dei tanta sorte rsrs, passo e mato os dois bichos maiores, resolvo deixar o revoker vivo e guardar a plow, ele casta um Balista pra 2 que mato com a Plow já que mataria meu jace ou clique, ele me leva a 3 depois do ataque, faço a Vendilion, equipo na Batter e bato voltando pra 10, ele sobe a bomba de catraca pra 3 e mata a Vendilion, tenho tempo de castar a batter de novo e equipo com Fire and Ice, ele de novo compra um monte de blocks, incluindo um TKS que exila meu Jace, que vão morrendo até que ele blocka com o revoker e faço um segundo Jace que compro do topo, e controlo as draw dele.

2-0 (6-1)

Superei meu trauma contra Eldrazis, 6 vitórias seguidas depois estou no top 8 passando em terceiro. O formato de top 8 é aquele de pro tour que dá vantagem aos primeiros colocados, então não jogo a primeira rodada.

Quartas – Victor Carvalho (RJ) 2-0 Death & Taxes

Não deu pra assitir a partida do meu oponente, mas sei que está de Death & Taxes, nessa hora o cansaço tava batendo forte. Olho minha mão vejo uma stone, um TNN e duas lands e keepo sem nem pensar nas outras cartas, ele mulliga a 6, faço mana vai, ele mana vai, faço stone pra Jitte, ele faz revoker pra Jitte, faço TNN, ele outro revoker pra Jitte, compro faço ponder acho uns removal, passo ele faz algum bicho e passa, mato os 2 revoker com plow e bolt, equipo a jitte no TNN, e vou castigando, ele consegue achar mais um revoker pra jitte que dou bounce com Jace, ele casta o revoker de novo, dou bounce mais uma vez e anulo com counterspell, depois ainda faço um segundo TNN e não tem volta. Mais uma vez mão cheia de TNNs e Stone, ele faz uma Thalia com duas Madres protegendo que me atrasam muito, casto um TNN, ele vai dando proteção pra Thalia com uma das madres e deixando outra em pé, faço uma Jitte tapando as 3 manas que tinha, ele faz outra madre, compro land, equipo bato, mato duas madres e dou plowshares na terceira, ele só passa ataco, mato a thalia removendo 2 marcadores porque ele usa karakas pra dar bounce, passo ele faz outra Thalia, faço mais Fire and Ice e vou batendo, equipo fire and ice e ele da um flicker na jitte antes do combate, ele vai comprando cartas pra atrasar o jogo, faço mais um TNN, fico com 2 TNN equipados, ele dá Flicker na fire and ice pra não morrer, mas não compra respostas, e morre pros TNNs armados.

Semi – Elton Bragança (RJ) 2-1 Grixis Delver

Conheço o Elton e sei do sucesso que vem tendo com o Delver, espero uma match muito difícil. Essa match pode ser assistida em twitch.tv/legacydosmoicanos/videos/all. G1 ele começa de Pyromancer que mato com Bolt, depois faz shaman, vou comprando lands do topo pra desenvolver meu jogo, ele faz um TNN que mato com Council’s Judgment, ele faz mais um TNN seguido de Wasteland que complica o jogo. Meu Council’s no grave fica em check por causa do shaman, vou apanhando pro TNN, faço Jitte, depois faço TNN, ele volta de Gurmag, compro um Jace e aqui cometo um grande erro, faço o Jace dou bounce no Gurmag e morro pra duas ativações de Shaman, um ataque do TNN e um Bolt, se tivesse equipado a Jitte no TNN, atacado feito Snap pra bolt em resposta da ativação do Shaman matando ele, sobreviveria mais um turno e faria Jace bounce e ganho na race com Jitte e TNN, enfim bola pra frente… G2 ele começa de delver, exilo o delver, faço RiP, outro delver, faço staticaster que toma pyroblast, exilo um pyromancer que ele casta e faço uma Stone que traz uma batter, a stone desenjoa passou, ele faz uma cabal, ponho a battar em jogo, era a therapy, e vê que tenho uma flusterstorm na mão, tinha certeza que ele tinha um ancient grudge na mão, ainda bem que eu tinha rip que segurou o recapitular da therapy, compro um explosivos que mata 2 delvers dele, ele consegue se livrar da batter com grudge pagando a fluster que uso pra tapar ele e voltar de fire and ice na stone, depois ainda equipo uma jitte… g3. castou um Pyromancer que não achei resposta e fez muitas fichas, tive que fazer um explosivo pra 0 que segurou muito o jogo, ele descarta meus equipamentos, mata minha stone, e me da uma waste me deixando com uma land em campo tudo em um turno, depois de limpar os tokens faço um jace que me ganha o jogo, dá bounce no pyromancer que o elton casta de novo, faço bs, acho staticster que segura o Pyromancer e tokens por 2 turnos pra não deixar meu Jace morrer, Staticaster morre, mas fez seu papel limpo a mesa dele, compro resposta pra tudo faço, stone, stone, snap, tnn e vou batendo até levar, uma Blood Moon quase irrelevante termina o trabalho.

Tive que sair de uma situação horrível, quase tudo perdido, pra uma virada milagrosa. Fico sabendo que vou fazer a final com Luiz Zumstein e fico feliz pra caramba, somos amigos de SP, que jogam toda semana na mesma loja, não podia ser melhor.

Final – Luiz Zumstein (SP) 2-1 UWR Blade

A lista do Luiz é um pouco diferente da minha, e considero até melhor no mirror, principalmente por ter 4 TNN e 4 Planeswalker. O g1 não tem muito o que falar, ele parou no terceiro terreno sem ter dois azuis, fiz um Jace que resolveu e me deu umas 7~8 cartas de vantagem o jogo todo, quando o Luiz estabilizou a mana base já era tarde, conseguia dar 1~2 counters por turno. Detalhe que não quis ser agressivo na match batter veio na minha mão o tempo todo, mas queria uma ameaça mais leve, acabei descendo a batter numa stone depois de ter embaralhado umas 3~4 vezes no deck. G2 fiquei até desnorteado, respondi tudo que o Luiz fez, comprei bem durante um tempo, mas nada era o suficiente, fiz 2 snapcaster, matei dois jaces, fiz vendilion e equipei com fire and ice, dei um council’s num tnn, mas ele sempre achava uma resposta, no final o Gideon, Ally of Zendikar e os 3 equipamentos me mataram. No g3 começamos trocando stoneforges e remoções, faço um TNN ele tbm. Só que mais tarde meu TNN fica equipado numa Batterskull e a dele numa Jitte, como estou na vantagem ele se vê obrigado a dar um Veredito Supremo. Turnos depois compro outro TNN e equipo na batter… baita clock, luiz não faz nada e compro outro TNN que não faço caso ele ache um snap pro veredito no grave eu possa voltar de TNN com batter de novo, bato passo, ele passa, compro sem ver a carta ataco pra vitória… ele dá um wear//tear… olho a carta que comprei… Snapcaster! Que recapitula um Counterspell no Wear//Tear e fecha a partida!

Campeão de São Lourenço e com Bye 3 pro Nacional! Quem sabe agora não bata na trave de novo (no último terminei em 12° a uma vitória do top 8).

Props:

  • Um prop gigantesco pro Fred organizador do evento, quem conhece ele e tem acompanhado a saga dele pra organizar SL sabe o quanto se esforçou… e fez bonito, evento top, um dos mais bem organizados que já teve no Brasil com toda certeza.
  • Pro povo da Eternal Magic, Diário Planinalta, Legacy dos Moicanos e todo o resto da organização que mandaram bem demais.
  • Pra Power Up, loja do maior legacy de SP, que botou 3 no top 8 (eu, luiz e gui figueira).
  • Pra galera da Esquadrilha da fumaça, que viajou comigo e me deu moh apoio, principalmente no top 8 quando tava morto de cansaço e me fizeram um monte de favores, vocês são foda Kauê, Raul, Jadi, Fabrizio, Arthur.
  • Pro Council’s Judgment que exilou TNN demais.
  • Pro Arthur chegando de charrete numa das cenas mais engraçadas que já vi e nunca esquecerei.
  • Pro Daniel brother de Itamonte que me deu várias infos de São Lourenço.
  • Pra minha Karakas que é treinada, sente o cheiro de Reanimator aparece.
  • Pra todo o povo de São Paulo que viajou em peso pra São Lourenço (É de SP e quer entrar no legacy da cidade? Procure pelo grupo do facebook MTG Legacy – São Paulo).

Slops:

  • Pro Jadi que vive ganhando de mim na Power Up em São Paulo e que tenho de demonstrar sempre que odeio o Eldrazi dele.
  • Pro Thiago Duarte que foi o único a me derrotar e ainda não consegui ganhar um game dele (Isso vai mudar Thiagão!).
  • Pro Stefano que acha que Soothsaiyng é bom.
  • Pra mim que sou burro e não peguei nem um sorvetinho na sorveteria e fiquei na vontade no caminho de volta.
  • Pra quem acha que é biscoito e não bolacha.
  • Pra Power Up que ainda não fez camisas da loja.

Pro Mauro Edi que foi de BR Reanimator em vez de ir de Delver, o grupo do Grixis Delver do whats desaprovou.

Sobre Redação

2 Comentários

  1. Parabéns, Davi! Ótimo report e belíssima e merecida vitória =D

  2. Aeeee Davi parabéns, da próxima, se a gente der sorte, não seremos pareados hahahaha!!! Eu tinha que ter ganhado um prop, por vc ter mudado de deck hahaha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *