quarta-feira , 17 janeiro 2018
enpt
Home / Colunas / Dano na Pilha / Chamem o Juiz – Parte 4

Chamem o Juiz – Parte 4

Olá, tudo bem? Sejam bem vindos a mais um artigo da série Chamem o Juíz! Nesta série eu trago ao leitor situações complicadas de mesa ou iterações entre cartas que algumas vezes podem não ser muito claras. Os outros três artigos que já escrevi você pode acessar por estes links: Parte 1, Parte 2 e Parte 3.

Para começar, vamos discutir um pouco sobre Show and Tell. Segue o respectivo texto do oracle:

Each player may put an artifact, creature, enchantment, or land card from his or her hand onto the battlefield.

Sem entrar nas interações, Show and Tell se resolve da seguinte maneira: o jogador corrente escolhe uma carta, e seguindo a ordem dos turnos os jogadores escolhem também de forma que fique claro a carta escolhida. Depois de todos escolherem, todas as cartas são reveladas ao mesmo tempo.

Na grande maioria das vezes, o seu oponente vai escolher uma destas cartas. Vamos supor que ele escolheu Griselbrand.

Pacifism ou qualquer outra carta do tipo Aura (Control Magic ou Treachery por exemplo) encantam criaturas que estavam no campo de batalha antes do Show and Tell resolver. Ela está entrando exatamente ao mesmo tempo que Griselbrand, então não vê ele como um alvo válido.

A mesma coisa acontece com Phantasmal Image, Phyrexian Metamorph e outros “Clones”. Como entram ao mesmo tempo, o clone tem que escolher algo de antes do Show and Tell.

Sower of Temptation, Ashen Rider, Oblivion Ring, Palace Jailer e todas as outras cartas que você imaginar, com efeitos do tipo quando entram em campo de batalha funcionam normalmente.

Igual as Auras, Containment Priest não funciona se entrar em campo de batalha pelo Show and Tell. Você precisa responder ao feitiço azul para ter o efeito desejado.

CUIDADO!

Jace, the Mind Sculptor ou qualquer outra carta inválida para Show and Tell.

Aqui por mais que você jure que foi um lapso ou um apenas separou a carta errada. Nesse momento você ja tem a informação do que seu oponente escolheu. Ao chamar o juíz ele vai pedir para a carta inválida voltar a mão de seu controlador e o jogo seguir em diante (caso ele não interprete como cheating).

Bônus 1:

Aqui quero compartilhar uma iteração que achei muito interessante! Quem ja jogou contra Dredge sabe que para remover as Bridge from Below do oponente, basta matar uma de suas próprias criaturas.  Para evitar isso, alguns jogadores de Dredge entram com Leyline of the Void. As cartas de criatura do oponente são removidas ao invés de irem para o cemitério e ele mantém suas pontes. O detalhe curioso está no texto da Leyline:

If a card would be put into an opponent’s graveyard from anywhere, exile it instead.

If a card would be put into an opponent’s graveyard

If a card would be put

card

Isso mesmo! Carta! O que não são cartas que podem morrer? Tokens! Então mesmo com Leyline of the Void, aquele Warping Wail criando um Eldrazi Spawn que é sacrificando para gerar vai remover as Bridge from Below do oponente. 😀

Bônus 2:

Você provavelmente já participou de torneios de magic. Sabe que existe os critérios de desempate, más sabe o que significam? Ou mais… sabe calcular eles? A explicação está no livro REGRAS PARA TORNEIOS DE MAGIC: THE GATHERING, mais especificamente no apêndice C.

OMW

Porcentual de Opponents’ match-win

O porcentual de opponents’ match-win de um jogador é a média dos porcentuais de match-win de cada oponente enfrentado por aquele jogador (ignorando aquelas rodadas que o jogador recebeu um bye).

O resultado de um jogador em um torneio de um torneio de 4 rodadas é 3–1–0, os resultados dos seus oponentes foram: 2–2–0, 4–0–0, 1–3-0, 2–1–1, então seu porcentual de opponents’ match-win é:

(6/12 + 12/12 + 3/12 + 7/12) / 4 (oponentes)

Traduzido para o sistema decimal, essa equação é:

( 0,5 + 1 + 0,33 (aumentado de 0,25) + 0,58 ) / 4

Somando individualmente os percentuais match-win, essa equação se torna:

2,41 / 4

O porcentual opponents’ match-win deste jogador é 0,6025 ou 60,25%

PGW

Porcentual de Game-win

Parecido com porcentual de match-win, o porcentual game-win de um jogador é o total de pontos de jogo ele recebeu divididos pelo total de pontos de jogo possíveis (geralmente 3 vezes o número de jogos jogados). Novamente, se utiliza 0,33 se o porcentual game-win real for menor do que isso.

Digamos que você jogou 4 rodadas.

  • Rodada 1: 2 vitórias (6 pontos de jogo)
  • Rodada 2: 2 vitórias e 1 derrota (6 pontos de jogo)
  • Rodada 3: 1 vitória e 2 derrotas (3 pontos de jogo)
  • Rodada 4: 2 vitórias (6 pontos de jogo)

Com isso você conquistou 21 pontos em 10 jogos que disputou. A fórmula fica:

21 / (3 * 10)

O seu porcentual de Game-win é 0,70 ou 70%

OGW

Porcentual de Opponents’ game-win

Parecido com o porcentual opponents’ match-win, o porcentual opponents’ game-win de um jogador é simplesmente a média de porcentual game-win de todos os oponentes daquele jogador. E assim como no porcentual de opponents’ match-win, cada oponente tem um mínimo de porcentual de game-win de 0,33.

Acho que com isso ficou bem claro como são calculados os desempates.

Agradecer mais uma vez ao leitor que chegou até aqui. Para qualquer dúvida ou contribuição, deixe um comentário. Essa semana está cheia de torneios e treinos! Dia 21 tem PPTQ Standard e dia 22 tem a nona etapa do CLC em Itajaí. Se mora na região de Santa Catarina não deixe de participar! Eu vou com certeza 😀

– Morelli

Sobre Morelli

Morelli é um entusiasta do Magic há 15 anos. Voltou a jogar competitivo em 2012. Jogando de Standard a Legacy passando por Duel Commander. Conquistou Top 32 em GP Rio e atualmente busca o Pro Tour.

3 Comentários

  1. Andreas "Painho" Moser

    Mito dos mitos falando, parabéns amigo baita artigo. Dia 22 tai hora de passar o camisa 10 do clc e assumir a ponta tá tabela. Tô chegando brother to chegando kkkk

  2. Finalmente uma explicação compreensiva dos fatores de desempate. Muito obrigado cara, vou salvar essa matéria nos meus favoritos! E ainda exclareceu mais uma coisa importante: 2-1 ou 2-0 não faz diferença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *