segunda-feira , 25 junho 2018
enpt
Home / Colunas / Modern Semanal / Polimorfia, mantos e treinamentos S.A.

Polimorfia, mantos e treinamentos S.A.

Olá e sejam bem-vindos ao Modern Semanal! Nessa semana trago um deck especialmente bizarro que junta um combo antigo de pouco sucesso e uma das cartas mais engraçadas do magic. Vejamos a lista do Polimorphing Grounds!

Polimorphing Grounds por ShzockChan na Liga Competitiva em 25 de Setembro.

(60)
Emrakul, the Aeons Torn
Umbral Mantle
Training Grounds
Dispel
Disrupting Shoal
Mana Leak
Remand
Spell Pierce
Supreme Will
Thirst for Knowledge
Vapor Snag
Polymorph
Serum Visions
Sleight of Hand
Blinkmoth Nexus
Faerie Conclave
Inkmoth Nexus
11 Island

Calma, parece que alguém jogou uma pilha de cartas pro ar e pegou que nem o Bozo, mas esse deck tem uma série de interações bem interessantes. Training Grounds é uma carta bem casual mas que com a combinação certa de cartas é capaz de criar jogadas muito fortes como ao uni-la ao Umbral Mantle e uma das manlands! Virando-as para gerar mana e aproveitando a redução do custo da habilidade e a ativação bizarra do símbolo de untap do Mantle você consegue deixar uma das manlands infinitamente obesa e finalizar o jogo do nada!

Aproveitando essa dependência das manlands e buscando outra forma de ganhar o jogo com pouquíssimo custo pôde-se adicionar os Polymorph ao deck que por só ter uma criatura em sua lista troca sem problemas uma frágil manland pela criatura mais poderosa do magic. É um deck que funciona com combos bem incomuns e gera algumas interações divertidíssimas como transformar o Blinkmoth Nexus numa espécie de Mishra’s Factory mais magra e com asas, pegando um oponente desprevenido no bloqueio.

Para garantir a fluidez da jereba, o deck é cimentado por uma série de cantrips como  Thirst for Knowledge, Serum VisionsSleight of Hand, que permitem ver uma boa quantidade de cartas e escolher em qual ordem elas serão compradas. Para proteger seus combos temos o (JEREBÍSSIMO) Disrupting Shoal liderando a gangue dos counters que se completa com Dispel, Mana Leak, Remand e Spell Pierce. Cabendo citar com carinho especial a Supreme Will que se coloca entre essas duas necessidades do deck, mostrando-se muito versátil para esse tipo de brew, assim como o Vapor Snag, que pode gerar uma forte jogada de tempo retirando uma criatura de seu oponente de campo para te manter vivo, remover um bloqueador do caminho ou até proteger uma de suas criaturas, já que elas são tão cruciais pro funcionamento do deck.

Chegando ao sideboard vemos mais escolhas interessantes:

(15)
Welding Jar
Spreading Seas
Ceremonious Rejection
Dispel
Echoing Truth
Into the Roil
Mana Leak
Pull from Tomorrow
Ravenous Trap
Vapor Snag

Muitas cartas reativas poderosas entram no side, começando pelos Welding Jar, que protegem tanto o manto quanto as manlands (exceto a Faerie Conclave) contra qualquer remoção pontual; em seguida vemos mais counters que engrossam essa visão reativa do deck com mais Mana Leaks e Dispels. Duas cartas muito interessantes com a capacidade de bounce também povoam o side: Echoing Truth e Into the Roil juntam-se ao Vapor Snag no trabalho duplo de proteção e reação, ainda com o upside interessante de comprar cartas que o Into the Roil oferece ao jogador. Ceremonious Rejection entra para proteger dos hates em forma de artefato e também facilitar o matchup contra Eldrazi Tron.

Finalmente chegamos nas 4 Spreading Seas, mais uma carta bem interessante que funciona como cantrip e como hate contra decks que tem a manabase mais gananciosa ou complicada. Já foi um side mais comum no formato nas épocas em que o Jund e suas variantes reinavam, mas ainda hoje é uma ótima carta que sempre pode tranformar um passeio no parque num pesadelo de landscrew.  Pull from Tomorrow vem pra engrossar o caldo de cantrips e é muito bom em jogos mais lentos para encontrar boas respostas e poder combar seguro, e por último, a Ravenous Trap, que é um hate de cemitério bom e barato que não interage com os combos do deck (como seria com Grafdigger’s Cage)

Pra quem gosta de uma jereba diferente este deck é um prato cheio, e essa lista pareceu bem focada em conseguir fazer seus motores rodarem com tranquilidade pro piloto. Uma ótima opção para o FNM e ver a cara de confusão e chamados de juiz com a bizarrice que você estará propiciando ao ambiente de jogo!

Espero que tenham gostado e lembrem-se que sempre podem pedir decks ou outro tipo de conteúdo aqui nos comentários. Até semana que vem!

 

Sobre Raphael Prais

Jogador de Magic em Todos os Formatos, Amante do Modern e do Legacy, Pai dos Tokens de Elemental Vermelho 1/1, Protetor das Jerebas.

3 Comentários

  1. Cara!!! isso é Magic!!! fazia tempos que não via um deck tão divertido! obrigado mesmo!!!

  2. Faz o vídeo de uma partida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *