sábado , 16 dezembro 2017
enpt
Home / Reports Campeões / Mignon organizou mais um torneio filé
Galera preparada para o top 8.

Mignon organizou mais um torneio filé

Report do 5° Mignon’s Championship, por Diogo Mignon:

Fala Galera, aqui é o Diogo Mignon novamente. Venho trazer a vocês um report um pouco diferente. Hoje vou descrever como foi a experiência da organização do 5° Mignon’s Championship (Aberto do Mignon para os mais íntimos), mas primeiro uma breve história de como começou a realização do torneio.

A ideia de realizar o Mignon’s Champioship começou pura e simplesmente de reunir os amigos para jogar, mas, em vez de chamar todo mundo e jogar aleatoriamente, decidi realizar um torneio, para ser mais atrativo, e ter um nível de competitividade maior.

O primeiro campeonato foi um torneio diferente, pois a inscrição, além de ser 25 reais na época, foi que cada jogador pegasse uma carta de seu pool e colocasse uma assinatura, ou um desenho pessoal, e, no final, o campeão levava todas as cartas, além da premiação para o top 8.

Foi um torneio bem divertido, diversas cartas bacanas, e deu um total de 20 jogadores. Me surpreendi na época, pois esperava algo entre 12 a 14.

Depois disso decidi realizar o torneio anualmente, até chegar em seu 5° campeonato, que bateu o recorde dos outros torneios que realizei, com um total de 33 jogadores inscritos. Esse ano também teve novidade, pois, em parceria com a organização do Nacional Legacy, o torneio valeu bye 1 para o evento.

Deixei a casa tinindo para o evento.

O torneio foi realizado na casa de meus pais, em um domingo depois de passar o sábado todo lavando quintal, mesas e cadeira… ainda bem que estava calor.

Corri também para comprar salgados e bebidas para vender à galera no dia do torneio. O problema é que eles acabaram muito rápido (estava muito bom mesmo…) e tivemos que improvisar, pois em meus campeonatos ninguém sai com fome. Assim, tivemos hotdog também, e a galera curtiu bastante, e, ao fim do torneio, não sobrou nada.

No domingão, o Figueira já estava na porta às 9 da manhã, pois pedi para ele chegar para me ajudar em algumas coisas, e como ele seria o juiz oficial do evento, não queria surpresas que pudessem atrasar o torneio.

O campeonato foi patrocinado pela Power Up Games, do próprio Figueira, que separou seis brindes para serem sorteados durante cada rodada. Um conjunto de dados de 6 lados, um Super Dadão de 6 lados e um playmat da Blood Moon, além de três cartas-surpresa.

O torneio foi bem dinâmico, com diversos decks, e muito emocionante em algumas rodadas.

Segue abaixo o metagame do campeonato:
3 Goblins
3 Burn
3 Death and Taxes
3 UWR Stoneblade
3 Storm
2 Elfos
1 Czech Pile
1 BUG Control
1 Jund Chains
1 Infect
1 Dredge
1 BUG Delver
1 Grixis Delver
1 Merfolk
1 Show and Tell
1 UR Delver
1 BR Reanimator
1 Affinity
1 Lands
1 Eldrazi
1 BGW
1 Death Shadow

Ao fim de 6 rodadas, tivemos o Top 8.

Diego Ganev – Czech Pile
Davi Pereira – UWR Stoneblade
Eduardo Shimizu – Storm
Jadi de Souza – Death and Taxes
Carlos Tibério – Grixis Delver
Mauricio Cirelli – Jund Chains
Rafael Rufino – Death Shadow
Luiz Thiberio – BR Reanimator

Galera preparada para o top 8.

E, ao final uma emocionante partida entre Davi e Tibério, Tibério saiu vencedor, mas a frase do jogo foi de Davi: “Essa carta é muito forte”, declarou, referindo-se à Gitaxian Probe.

E assim terminou o 5° Mignon’s Championship, esse ano dando bye para o Nacional Legacy.

Maaaaaas, como o Tibério já tinha bye para o Nacional, ele acabou ficando com Jadi de Souza.

Por fim, queria agradecer a minha querida esposa que está sempre me apoiando e incentivando, mesmo que ela não curta Magic (já tentei varias vezes mas não rola), a Power Up Games e ao Figueira pelo patrocínio e os brindes, que foram simplesmente Insanos, à Eternal Magic por ajudar a divulgar meu campeonato e estar sempre apoiando os formatos eternos do Magic, a todos que compartilharam o torneio e incentivaram para ser o sucesso que foi, à parceria com o Nacional Legacy, que esperamos que conte com muitos players para esse ano de 2017, a minha avó, que fritou os salgados para o torneio, a minha mãe e ao meu pai, que correram para comprar os hot dogs, e claro, a todos os jogadores presentes que fizeram desse o melhor torneio que já realizei, e um com mais players na cidade de São Paulo esse ano.

Parabéns ao meu grande amigo Tibério (Tibs para os mais íntimos) pela vitória, e por achar que Probe mais Cabal Therapy é roubado demais.

Agora é ficar no aguardo de 2018, para o 6° Mignon’s Championship.

Ano que vem tem mais!

Beijos e abraços a todos…… =D

Sobre Paulo de Tarso

Jornalista de formação, vive a (e de) escrever. Joga (mal) Magic desde 1995, e encontra diversão para compensar a falta de talento para o jogo utilizando cartas e decks que não são muito usados por aí. De vez em quando flerta com algum relativo sucesso ao beliscar um top 8, mas não é muito afeito às mesas iniciais. Atualmente joga Legacy e alguns drafts.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *