sábado , 16 dezembro 2017
enpt
Home / Colunas / Modern Semanal / SMASH SMASH!

SMASH SMASH!

OIá e sejam bem-vindos ao Modern Semanal! Sexta-feira é dia de valorizar o investimento nos shields já que eles que protegem suas cartas das lágrimas de seus oponentes e nessa semana a fonte de sal vem na forma de uma das tribos mais clássicas do magic: Goblins!

(68)
Whack por Danny_Bambino (5-0 na Competitive League 28/11/2017)
Foundry Street Denizen
Goblin Bushwhacker
Goblin Chieftain
Goblin Guide
Goblin Heelcutter
Goblin Piledriver
Legion Loyalist
Mogg Fanatic
Mogg War Marshal
Reckless Bushwhacker
Lightning Bolt
Goblin Grenade
Contested War Zone
17 Mountain

Já pode-se apreciar a qualidade desse deck apenas olhando pra lista, é um deckbuilding tão avançado que até na hora de listar ele sai na frente da concorrência, perfeito para aquele seu amigo que mora do lado do local do torneio mas mesmo assim chega na hora do emparceiramento com o deck fora do shield e sem listar. O plano aqui é simples: fazer vários bichos, deixar seu oponente frustrado e aproveitar os 20 minutos ainda restantes da rodada para comer um salgadinho.

Com quatro Goblins de custo 1 que já chegam tocando o zaralho no campo de batalha e uma série de outras cartas de baixo custo é muito fácil curvar bem mesmo com pouca mana e a interação entre as cartas permite que toneladas de dano sejam lançadas (as vezes literalmente) em seu oponente. Foundry Street Denizen, Goblin Guide, Legion Loyalist e Mogg Fanatic são as cartas que você quer colocar em campo no primeiro turno, em seguida uma boa mistura entre as cartas um pouco mais gordinhas como Mogg War Marshal, Goblin Piledriver e Goblin Heelcutter que já vão trazendo o terror para o board. Finalmente chegam as grandes estrelas que dão também nome ao deck o maravilhoso Goblin Bushwhacker e seu irmão caçula Reckless Bushwhacker, eles chegam dando haste e +1/+0 pra todo mundo e não tem oponente que não pegue pra ler de novo, incrédulo com a morte horrível que o espera.

Além de curvar bem suas criaturas e visitar a face do seu oponente com todo o ódio de um Mogg temos algumas outras cartas que complementam essa bela pilha de cartas vermelhas. No topo da curva, reinando do topo de seus 1RR de custo de mana temos o Goblin Chieftain que deixa todos seus bichinhos ainda mais impetuosos e doloridos. Outra carta interessante é a Contested War Zone, uma land de utilidade que deixa o jogo super divertido pra quem tá ganhando a corrida de dano e cala a boca dos haters que dizem que seu deck não é interativo (é muita interação ter que ficar pegando de volta a land quando seu oponente tentar bater <3). Lightning Bolt traz alcance para o deck, seja tirando um bloqueador mais chato do caminho, dar aquele daninho na passagem ou ATIVAR O SURGE NO Reckless Bushwhacker E TRAZER SOFRIMENTO PARA A POBRE ALMA QUE COMETEU O ERRO DE SENTAR DO OUTRO LADO DA MESA. Por último mas de forma alguma menos importante vem a cerejinha explosiva, a geradora de ódio, a interação em pessoa: Goblin Grenade

Sério, se o oponente toma 2 Goblin Grenade em um turno e continua falando com você no torneio é amizade sincera, pode adicionar no Facebook e não parar de seguir o feed.

Sideboard: (15)
Dragon’s Claw
Goblin Heelcutter
Goblin Piledriver
Kari Zev’s Expertise
Relic of Progenitus
Smash to Smithereens
Tormod’s Crypt

 

Seguindo a reconfortante linearidade do deck temos também um side bem simples, Dragon’s Claw é o hate de decks agressivos da vez, especialmente contra burn. Com um deck todo vermelho que visa fazer o máximo de magias no menor tempo possível a Dragon’s Claw pode facilmente desequilibrar a corrida pela vida. Tormod’s Crypt e Relic of Progenitus são hates de cemitério baratos e confiáveis que não atrapalham (muito) o plano do deck, Smash to Smithereens vem para resolver problemas com artefatos e ainda dar um dano legal de bônus, vale ressaltar que só é aceitável jogar com a versão de FNM dessa carta para manter o flavor em dia. Goblin Heelcutter e Goblin Piledriver vêm para engordar o deck pós side com essas cartas que são um pouco situacionais mas muito poderosas quando em seu devido lugar e por último duas cópias de Kari Zev’s Expertise que permite roubar um bicho problemático do seu oponente e trazer DOR E SOFRIMENTO enquanto pergunta: “Por que você está se batendo?”, além da possibilidade de ainda castar uma mágica de graça da sua mão enquanto se deleita com o sofrimento alheio.

A única coisa que eu tenho para falar ao finalizar este artigo é:

“Não subestime as qualidades aerodinâmicas do goblin comum.”

Espero que tenham gostado e lembrem-se que sempre podem pedir decks ou outro tipo de conteúdo aqui nos comentários. Até semana que vem!

Sobre Raphael Prais

Jogador de Magic em Todos os Formatos, Amante do Modern e do Legacy, Pai dos Tokens de Elemental Vermelho 1/1, Protetor das Jerebas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *