quarta-feira , 18 julho 2018
enpt
Home / Reportagens / Legacy no MTGO. 3 motivos pra você começar já!

Legacy no MTGO. 3 motivos pra você começar já!

Por Thiago MODO Duarte

Os principais motivos que fazem o MOL compensar são: flexibilidade, premiação sustentável e treinamento intensivo.

O MTGO é uma bela b****, aquela interface é um lixo, o jogo é cheio de lags e bugs, não sei como alguém consegue jogar MOL. Essas são somente algumas das frases que eu ouço por ai quando falo de Magic Online, MTGO, MOL ou MODO para alguns. E sempre que as ouço, tento explicar os motivos que fazem o MOL ser uma boa plataforma e uma ótima ferramenta para quem está no Magic competitivo. Os principais motivos que fazem o MOL compensar são: flexibilidade, premiação sustentável e treinamento intensivo.

FLEXIBILIDADE – A flexibilidade do MOL é incontestável. Você pode sentar e jogar uma partida de Legacy, do seu formato favorito, exatamente a hora que bem entender. As ligas funcionam com uma média alta de jogadores inscritos, que estão logados em diferentes fusos horários no planeta inteiro. Para você ter uma ideia, a média de jogadores inscritos na Liga de Legacy do MOL é de 400 players e esse número aumenta para Modern e T2. Isso quer dizer que você não vai ficar sem jogar Magic em nenhuma hora do dia que deseje jogar. Literalmente, por mais que algumas vezes o pareamento demore mais de 1 minuto, acalme-se, você vai ser pareado, inevitavelmente.

Ressalto que essa flexibilidade é importantíssima, principalmente para os formatos eternos. Isso resolve o problema de grande parte do público de MTG que tem bom gosto e gostaria de jogar Legacy, por exemplo, mas que mora no interior e na cidade em que está não tem nem 2 jogadores desse formato lindo disponíveis para uma jogatina saudável. No MOL você vai poder participar de campeonatos de alto nível, a qualquer hora do dia. Foda né?

Para quem não conhece a sistemática, cada liga custa 12 tix ou 120 play points (PP) para entrar e é composta de 5 rodadas aleatórias que tentam, na medida do possível, parear vitoriosos com vitoriosos. Após inscrito, você tem o período de duração da liga, geralmente 8 semanas, para terminar as 5 rodadas. Mas acredite, você vai terminar bem antes disso, e se você terminar antes disso, relaxe, é só entrar na liga novamente e aproveitar mais 5 rodadas.

PREMIAÇÃO SUSTENTÁVEL – A premiação é bem sustentável. 3 vitorias lhe garantem 120 PP e um baú (que pode ser revendido para bots por 2 a 2.4 tix, o preço varia bastante); 4 vitorias lhe garantem 180 PP e 8 baús; 5 vitorias lhe garantem 180 PP e 16 baús. Ou seja, se você mantiver uma win rate de 60%, você conseguirá sustentar seu vício tranquilamente, ganhando o suficiente para jogar outra liga, mais um troco de pão. Se subir essa win rate para 65% vai melhorar a premiação e vai conseguir lucrar uma diferença para comprar outras cartas e, por exemplo, ir montando outros decks paulatinamente.

Entretanto, se você conseguir subir sua win rate para 70% ou mais, aí meu caro, parabéns, você tem potencial para ser um grinder. Em outras palavras, o MOL é sustentável e mesmo que 12 tix por uma liga (quase 40 reais), possa assustar no início, você vai ver que fica bem tranquilo conseguir isso jogando, depois que você se acostumar com a interface e conseguir progresso e melhora no seu jogo.

TREINAMENTO INTENSIVO – Por último, o mais importante. Lembra que falei sobre melhorar o seu jogo? Então, o MOL é uma excelente plataforma de treinamento. Todo mundo sabe que vários profissionais usam o MOL para testar decks, estratégias, descontrair e treinar mais um pouco. Nomes tarimbados como Reid Duke, LSV, BBD, Oliver Ruel, Martin Juza, Willy Edel, PV, William Jansen e mais uma infinidade de prós estão lá, você pode checar nesse link os Nicks de todos eles: https://www.reddit.com/r/magicTCG/comments/1bj212/mtgo_handles_of_known_prospersonalities/

Mas o que isso quer dizer? Isso quer dizer que você, mesmo do Brasil, que acha que nunca vai ter a oportunidade de jogar com os melhores, seus problemas acabaram. Basta criar uma conta e logar que você vai ter a chance de jogar contra qualquer um desses listados, dependendo do formato escolhido, claro. Até o final do ano de 2017, eu jogava apenas Legacy, numa média de 2 a 3 Ligas por semana, e no Legacy, você vai poder encontrar figurinhas tarimbadas do cenário nacional e internacional. Costumam participar das Ligas Legacy constantemente: Joe Loesset, Andrea Menguci, Caleb Durward, Reid Duke, Bob Huang, BBD, Bryant Cook, Julian Knab, e vez ou outra até Willy Edel aparece por lá de Jund.

Além desses, temos grinders famosos por seus resultados excelentes, tais como LewisCBR, Malimujo, Orim67, QBTurtle, JPA93, Ecoscuro e, claro, Stefanogs, que para quem não sabe, foi o finalista do Nacional Legacy 2017 e campeão do Nacional Legacy 2016, Stefano Silveira. É, ele tomou um pau pro Eldrazi, mas sempre acerta o topo do Counterbalance e faz os oponentes comprarem mais terrenos do que deveriam.

Sim, eu já joguei com boa parte deles, perdi de alguns, ganhei de outros e mantenho uma média sustentável de vitorias. Meu rating no mol já chegou a 1850, mas, na média, fica por volta de 1800, o que deve ser próximo de 65% de vitorias que citei acima. Particularmente tenho um histórico bem favorável contra o Bryant Cook, que foi contra quem mais joguei, de longe. E bem desfavorável contra o Julian Knab, perdi as duas partidas que joguei contra ele.

Entretanto, recentemente (meio de dezembro de 2017) pude jogar contra Joe Loesset, seu nick no MOL é Oarsman. Pra quem não conhece, ele tem um canal no Twitch TV e costumava passar o rodo nos torneios Legacy estadunidenses de Miracles, pré-ban. Sim, eu sou fan do cara e ultimamente ele está jogando com uma build própria de Cezch Pile. E sim, o resultado foi 2×0. Pra quem? Dá uma olhada na imagem abaixo:

Momento da vitória contra Joe Losset

É, eu sei, eu sei… Uma vitória não quer dizer nada. Não sou nem metade do jogador que o Loesset é, nem quis dizer outra coisa, mas ganhar de um ícone do Legacy, comigo jogando de Miracles, que era o deck que ele mais jogava, foi sensacional. Essa sensação, aqui no Brasil, somente o MOL pode te proporcionar. E vale a pena? Claro, afinal, como a gente melhora no jogo? Jogando contra jogadores melhores do que a gente. E no MOL, como regra geral, você vai experimentar isso constantemente. O que está esperando? Vem pro MOL também!

E pra você que está se perguntado que diabos é esse nick, Laywer, apenas uma resposta: eu estava bêbado e troquei as letras, era pra ser lawyer. Patético né, mas essa é a verdade.

Sobre Redação

Um comentário

  1. Obrigado pela reportagem, fiquei um tempo fora do MOL e queria voltar agora, mas não estava entendendo nada dos novos formatos de premiação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *