segunda-feira , dezembro 10 2018
Home / Colunas / Command Beacon / Core Set 2019: O que há de novo para o Commander? (Parte 2)

Core Set 2019: O que há de novo para o Commander? (Parte 2)

Olá senhoras e senhores!
Bem vindos ao Command Beacon, a nossa coluna sobre Commander multiplayer aqui na Eternal Magic!

No nosso artigo anterior, trouxe a vocês a análise das criaturas lendárias de M19 e você pode fazer a leitura clicando aqui.

Vamos então a análise de hoje. Analisarei as cartas Brancas, Azuis e Pretas. Vale lembrar que só analisarei as novas cartas que considero minimamente relevantes, tanto em metas competitivos quanto em casuais. Caso tenha dúvida de algum termo que eu utilize, não se esqueça de conferir nosso glossário com os termos usados no Commander, clicando aqui.

[mana]W[/mana] Cartas Brancas [mana]W[/mana]

  • [mtg_card]Ajani, Adversary of Tyrants[/mtg_card]

[mtg_card]Ajani, Adversary of Tyrants[/mtg_card] é uma carta justa com habilidades interessantes.  Sua habilidade +1 permite fortalecer criaturas colocando 1 marcador +1/+1 em até 2 criaturas. Por -2 marcadores temos uma útil habilidade que permite voltar uma criatura custo 2 ou menos de um cemitério, podendo ser bem útil em um deck cheio de hate bears ou peças chave de combo com custo baixo que por acaso tenham sido removidas. Seu ultimate de -7 é lento e pode ser alcançado após 4 turnos, mas fornece um um emblema que pode levar a um late game poderoso, criando 3 fichas 1/1 de Felinos com Vinculo com a Vida ao fim do turno, podendo fortalecê-las com seu +1 posteriormente. Entrando com 4 marcadores de lealdade e custando [mana]2WW[/mana], tem um bom custo benefício. Não é um planeswalker que verá jogo em qualquer deck, talvez possa ver em alguns Midrange baseado em Hate Bears, podendo retornar algumas peças-chaves de lock, ou em Linear Aggros por exemplo que façam bom uso de marcadores +1/+1, podendo ser bem utilizado em decks como [mtg_card]Atraxa, Praetors’ Voice[/mtg_card].

  • [mtg_card]Ajani’s Welcome[/mtg_card]

Mais uma carta para engrossar o coro junto a Soul’s Attendant e Soul Warden. Embora o ganho de vida não seja uma das estratégias mais eficientes no Commander e seja menos eficiente que as cartas citadas, com certeza é uma adição obrigatória para os decks de [mtg_card]Karlov of the Ghost Council[/mtg_card].

  • [mtg_card]Cleansing Nova[/mtg_card]

[mtg_card]Cleansing Nova[/mtg_card] me cheira a staple. Seu custo é bom para seus efeitos e possui 2 modos ótimos que podem inverter a maré de um jogo: destruir todas as criaturas ou destruir todos os artefatos ou encantamentos. Consigo facilmente ambos serem muito relevantes em jogos e ter a opção te permite manter sua mesa e atrasar os demais caso seja favorável. Se joga de branco, reserve a sua.

  • [mtg_card]Isolate[/mtg_card]

Essa é uma carta que talvez possa ver algum jogo em mesas de cEDH, o Commander multiplayer na sua visão mais competitiva. Quais alvos relevantes podemos ter nesse tipo de meta? Praticamente todos os mana dorks ([mtg_card]Birds of Paradise[/mtg_card], [mtg_card]Deathrite Shaman[/mtg_card], [mtg_card]Noble Hierarch[/mtg_card], [mtg_card]Llanowar Elves[/mtg_card], [mtg_card]Fyndhorn Elves[/mtg_card], [mtg_card]Elvish Mystic[/mtg_card], [mtg_card]Arbor Elf[/mtg_card], [mtg_card]Avacyn’s Pilgrim[/mtg_card], [mtg_card]Elves of Deep Shadow[/mtg_card], [mtg_card]Boreal Druid[/mtg_card] e [mtg_card]Orcish Lumberjack[/mtg_card]), [mtg_card]Quirion Ranger[/mtg_card], [mtg_card]Wirewood Symbiote[/mtg_card], mana rocks ([mtg_card]Sol Ring[/mtg_card] e [mtg_card]Mana Vault[/mtg_card]), [mtg_card]Voltaic Key[/mtg_card], [mtg_card]Candelabra of Tawnos[/mtg_card], [mtg_card]Carpet of Flowers[/mtg_card], [mtg_card]Utopia Sprawl[/mtg_card], [mtg_card]Wild Growth[/mtg_card], [mtg_card]Mystic Remora[/mtg_card] (se precisar conjurar muita coisa e não tiver como esperar), [mtg_card]Serra Ascendant[/mtg_card], [mtg_card]Root Maze[/mtg_card], [mtg_card]Exploration[/mtg_card], [mtg_card]Skullclamp[/mtg_card], [mtg_card]Sensei’s Divining Top[/mtg_card] (em resposta a uma ativação da primeira habilidade), [mtg_card]Grafdigger’s Cage[/mtg_card], [mtg_card]Pithing Needle[/mtg_card], [mtg_card]Hope of Ghirapur[/mtg_card], [mtg_card]Xantid Swarm[/mtg_card], [mtg_card]Mother of Runes[/mtg_card] (após ser virada) e [mtg_card]Viscera Seer[/mtg_card]. Vai ser relevante? Compensa usar? Não sei. Mas no mínimo merece ser testada nesse tipo de meta.

  • [mtg_card]Leonin Warleader[/mtg_card]

Companheiro de [mtg_card]Hanweir Garrisson[/mtg_card], [mtg_card]Brimaz, King of Oreskos[/mtg_card] e [mtg_card]Hero of Bladehold[/mtg_card]. Ótimo em estratégias Swarm, pois já consegue criar duas fichas já atacando em jogo. Interessante o detalhe que as ficha possuem Vínculo com a Vida, o que o torna mais uma excelente adição a [mtg_card]Karlov of the Ghost Council[/mtg_card]. Aliás, adianto aqui que mencionarei bastante o Karlov, visto que ele ganhou várias adições em M19.

  • [mtg_card]Make a Stand[/mtg_card]

Mais uma opção para quem faça uso de [mtg_card]Rootborn Defenses[/mtg_card], especialmente como resposta a board wipe nos famosos White Weenies.

  • [mtg_card]Remorseful Cleric[/mtg_card]

Decks com Hate Bears ganham aqui mais uma adição. Remorseful Cleric consegue manter alguma pressão enquanto coloca em check decks baseados em cemitérios. Se tiver alguma forma de recursão, como por exemplo em [mtg_card]Karador, Ghost Chieftain[/mtg_card] ou usando [mtg_card]Sun Titan[/mtg_card]. Os amantes de cemitério vão ter mais trabalho como se já tivesse pouco hate.

  • [mtg_card]Resplendent Angel[/mtg_card]

Deve conseguir conquistar muitos corações na comunidade casual. Amantes de Vínculo com a Vida vão criar um bom clock com as fichas de Anjo 4/4.  Para quem se atreveu a montar um tribal de anjos, [mtg_card]Lyra Dawnbringer[/mtg_card] é a comandante perfeita para liderar [mtg_card]Resplendent Angel[/mtg_card]: Lyra batendo só, já consegue gerar vida suficiente para desencadear a habilidade do anjo, além de tornar todas as fichas criadas e o próprio [mtg_card]Resplendent Angel[/mtg_card] mais fortes. Pode ter seu valor em decks como [mtg_card]Dragonlord Dromoka[/mtg_card], [mtg_card]Bruse Tarl, Boorish Herder[/mtg_card], [mtg_card]Licia, Sanguine Tribune[/mtg_card], [mtg_card]Odric, Lunarch Marshal[/mtg_card] e [mtg_card]Vish Kal, Blood Arbiter[/mtg_card]. Porém, em todo o restante não passa de  uma carta medíocre.

  • [mtg_card]Suncleanser[/mtg_card]

Carta interessante, embora veja pouca aplicação prática. Permite retirar e impedir que novos marcadores sejam colocados em uma criatura enquanto controlar [mtg_card]Suncleanser[/mtg_card]. Sua segunda habilidade, retira marcadores de um oponente, sendo possível pela primeira vez retirar marcadores de experiência de um [mtg_card]Mizzix of the Izmagnus[/mtg_card] ou [mtg_card]Meren of Clan Nel Toth[/mtg_card] por exemplo. Apesar disso poder ser útil vez ou outra, torna a carta extremamente situacional e na maior parte do tempo você terá uma criatura 1/4 por duas manas em sua mão. E apenas isso.

  • [mtg_card]Valiant Knight[/mtg_card]

Mais uma adição para Aryel, Knight of Windgrace e seu tribal de Cavaleiros em metas casuais. Um lorde de custo razoável e habilidade ativada de custo elevado, mas de um poder bruto que só Golpe Duplo em massa é capaz de proporcionar.

[mana]U[/mana] Cartas Azuis [mana]U[/mana]

  • [mtg_card]Metamorphic Alteration[/mtg_card]

Uma forma de [mtg_card]Clone[/mtg_card] interessante. Mesmo custo de [mtg_card]Phantasmal Image[/mtg_card], porém ao custo de uma criatura. Permite transformar uma ficha ou uma criatura de baixo impacto na melhor criatura da mesa. Tem bastante potencial.

  • [mtg_card]Mirror Image[/mtg_card]

Mais um [mtg_card]Clone[/mtg_card]. Bom custo para esse tipo de carta, porém com a restrição de copiar somente suas próprias criaturas. Se o que procura é esse tipo de efeito e já faz uso de [mtg_card]Phantasmal Image[/mtg_card] e [mtg_card]Phyrexian Metamorph[/mtg_card], Mirror Image é uma boa pedida.

  • [mtg_card]Mistcaller[/mtg_card]

Excelente custo-benefício. Por uma mana, já consegue colocar em cheque estratégias como Flash + Protean Hulk (ao menos o que vem depois) ou Entomb + Reanimate. Facilmente é uma staple em Kumena, Tyrant of Orazca e Azami, Lady of Scrolls e pode encontrar sua casa em Edric, Spymaster of Trest.

  • [mtg_card]Nexus of Fate[/mtg_card]

[mtg_card]Nexus of Fate[/mtg_card] é uma carta exclusiva de buy-a-box e vem como mais uma opção de turno extra, sendo uma espécie de atualização de [mtg_card]Beacon of Tomorrows[/mtg_card]. Por uma mana a menos que sua antecessora e em velocidade instantânea, o que permite buscá-la por meio de [mtg_card]Merchant Scroll[/mtg_card] por exemplo. Como sua antecessora, se encaixa muito bem em alguns combos de turnos infinitos. Qualquer combo que permita comprar seu grimório, seguido desse turno extra permite re-embaralho como única carta do grimório e conjurá-lo turno após turno já que será sua compra daquele turno.

  • [mtg_card]One with the Machine[/mtg_card]

[mtg_card]One with the Machine[/mtg_card] é uma espécie de [mtg_card]Rush of Knowledge[/mtg_card] de custo menor e restrito a artefatos para checar a quantidade de cartas a ser compradas. Por esse motivo pode ser um efeito condicional, podendo comprar, por exemplo, 9 cartas com [mtg_card]Darksteel Forge[/mtg_card] em jogo ou absolutamente nada caso esteja sem artefatos ou receba um [mtg_card]Cyclonic Rift[/mtg_card] em resposta. Leve em consideração a velocidade de feitiço e o custo elevado e verá que apesar do grande potencial de recompensa, seus pontos negativos não a tornam tão atrativa. Em várias situações um [mtg_card]Dig Through Time[/mtg_card] ou [mtg_card]Fact of Fiction[/mtg_card] são simplesmente mais efetivos.

  • [mtg_card]Patient Rebuilding[/mtg_card]

Decks Mill (o famoso “deck de tombar”) no Commander estão no limiar do casual x injogável, embora seja uma estratégia extremamente popular na qual muitos insistem. Felizmente, [mtg_card]Patient Rebuilding[/mtg_card] possui utilidades maiores que apenas colocar cartas do grimório para o cemitério. Para cada terreno tombado com seu efeito, uma compra. Pode ser excelente e te comprar 3 cartas em um único turno, mas você também pode amargar na lama e não comprar absolutamente nada se estiver com azar. Essa falta de consistência, aliada a um custo 5 não a torna uma carta verdadeiramente boa. Se gosta de arriscar, vá em frente. Não se esqueça de utilizar [mtg_card]Paradox Haze[/mtg_card] se quiser realmente abusar desse encantamento.

  • [mtg_card]Psychic Corrosion[/mtg_card]

Na carta anterior acho que deixei claro minha opinião sobre estratégias Mill e vejo esse tipo de efeito com bons olhos somente como um finalizador consistente, como ocorre com alguns combos. [mtg_card]Psychic Corrosion[/mtg_card] possui ao menos esse potencial, tendo um efeito vagamente próximo ao de [mtg_card]Sphinx’s Tutelage[/mtg_card], embora inferior, mas de espectro mais amplo ao atingir todos os oponentes. Se por acaso você combar com alguma das diversas maneiras de comprar o deck ([mtg_card]Sensei’s Divining Top[/mtg_card] + [mtg_card]Voltaic Key[/mtg_card] + [mtg_card]Paradox Engine[/mtg_card] por exemplo), ele finalizará a partida. Embora, te assegure, existam inúmeras formas mais efetivas de fazê-lo.

  • [mtg_card]Supreme Phantom[/mtg_card]

Sim, alguém com certeza já montou um tribal de Espíritos ou vai montar após se inspirar por cartas com essas. Se você for insano o suficiente para investir nessa temática, use [mtg_card]Supreme Phantom[/mtg_card]. Quem sabe em um deck liderado por [mtg_card]O-Kagachi, Vengeful Kam[/mtg_card]i, não?

  • [mtg_card]Tezzeret, Artifice Master[/mtg_card]

[mtg_card]Tezzeret, Artifice Master[/mtg_card] possui um custo pesado sem um grande impacto imediato, apesar de entrar com bons 5 marcadores de lealdade. Por +1 consegue se proteger criando um Tóptero. Sua habilidade de 0, é uma ótima fonte de compras, permitindo comprar facilmente mais 2 cartas por turno caso tenha ao menos alguns artefatos. O fato de não reduzir sua lealdade ao fazê-lo o torna uma boa carta. Seu ultimate -9 demora pelo menos 5 turnos para ocorrer, mas é devastador, colocando um emblema que permite tutorar qualquer permanente ao fim do turno e colocá-la diretamente em jogo (alguém falou [mtg_card]Omniscience[/mtg_card]?). É portanto um ótimo candidato aos famosos Super Friends, que contam com boas ferramentas para otimizarem seus planeswalkers, como [mtg_card]Doubling Season[/mtg_card] e [mtg_card]Deepglow Skate[/mtg_card] que podem acelerar seu emblema de forma assustadoramente rápida.

[mana]B[/mana] Cartas Pretas [mana]B[/mana]

  • [mtg_card]Epicure of Blood[/mtg_card]

[mtg_card]Exquisite Blood[/mtg_card] + [mtg_card]Sanguine Bond[/mtg_card] é um combo clássico do Commander sendo inclusive um dos primeiros combos que os jogadores novatos vem a conhecer. [mtg_card]Epicure of Blood[/mtg_card] é um vampiro que serve como redundância para [mtg_card]Sanguine Bond[/mtg_card], uma encantamento que por si só não é boa. Esse combo sofre de 2 grandes problemas: é popular, então todo mundo já conhece e sabe como interromper; é lento, tendo um custo total de 10 manas para ser efetivado no mesmo turno, sendo usualmente feito de forma “parcelada” e facilmente sujeito a remoções. Nosso vampiro vem atualizar esse combo, tendo suas vantagens e desvantagens em relação a [mtg_card]Sanguine Bond[/mtg_card]. O fato de ser uma criatura o torna muito mais vulnerável a remoções, mas o fato de ser uma criatura também traz um excelente ponto positivo além de ter um corpo 4/4 que possa colocar um pouco de pressão: ele pode ser reanimado. Então, ao invés de ter um custo total 10 para combar, que tal um custo total de 6? [mtg_card]Exquisite Blood[/mtg_card] + [mtg_card]Reanimate[/mtg_card]. Já me soa um pouco melhor e ainda deve surpreender alguns jogadores.

  • [mtg_card]Fell Specter[/mtg_card]

Opção número 3 para quem roda [mtg_card]Liliana’s Caress[/mtg_card] e [mtg_card]Megrim[/mtg_card] em decks recheados de descartes ou rodas, como [mtg_card]Nekusar, the Mindrazer[/mtg_card]. Embora proporcione um descarte em um oponente alvo, tem um custo muito pior que ambos os encantamentos. Se faz muita questão de redundância desse tipo de efeito, faça bom uso de [mtg_card]Fell Specter[/mtg_card].

  • [mtg_card]Fraying Omnipotence[/mtg_card]

Mais um card na família de [mtg_card]Pox[/mtg_card] e [mtg_card]Smallpox[/mtg_card]. Apesar do custo elevado, pode causar um grande estrago na mesa se bem encaixado, devastando os pontos de vida, mãos e criaturas. Vale lembrar que é fim de jogo com [mtg_card]Wound Reflection[/mtg_card] ou [mtg_card]Archfiend of Despair[/mtg_card] (caso ele sobreviva).

  • [mtg_card]Liliana, Untouched by Death[/mtg_card]

[mtg_card]Liliana, Untouched by Death[/mtg_card] entra em jogo com 4 marcadores de lealdade por justas 4 manas e dentre todas as Lilianas já lançadas é que a possui a temática mais forte com Zumbis, o que a torna uma planeswalker menos flexível e dependente de uma temática. Se não está com um tribal de Zumbis, adianto que ela será completamente inútil. Por +1, coloca 3 cartas do grimório, podendo causar dano caso uma das cartas tenha sido um Zumbi. Sua habilidade -2 é uma remoção dependente dessas criaturas. Ou seja, 0 Zumbis, 0 remoção. Sua terceira habilidade é a que salva a carta e te dá um bom potencial. Por -3, poderá conjurar cartas de Zumbis diretamente do cemitério. Isso efetivamente transforma todos os seus Zumbis em Gravecrawler e abre um leque para combos. Com [mtg_card]Phyrexian Altar[/mtg_card] e [mtg_card]Zulaport Cutthroath[/mtg_card], qualquer Zumbi de custo 1 como [mtg_card]Carrion Feeder[/mtg_card], [mtg_card]Cryptbreaker[/mtg_card] ou [mtg_card]Putrid Imp[/mtg_card] é capaz de finalizar o jogo causando dano infinito. Com [mtg_card]Rooftop Storm[/mtg_card] e qualquer efeito que exija sacrifício as possibilidades se tornam inúmeras.

  • [mtg_card]Liliana’s Contract[/mtg_card]

Condições de vitória alternativas apetecem os Johnies de plantão e tenho certeza que [mtg_card]Liliana’s Contract[/mtg_card] vai ser o deck combo esquisito da vez. Por 5 manas e seu efeito ao entrar já compra 4 cartas em troca de simplórios 4 pontos de vida. Na manutenção, controlando 4 demônios de nomes diferentes, você vence o jogo. Isso pode ser feito da maneira difícil, conjurando no braço os 4 Demônios ou até mesmo reanimando-os. Porém, se quiser acelerar todo o processo, por que não transformar quaisquer outras criaturas que já possua em Demônios? Divirta-se com [mtg_card]Conspiracy[/mtg_card], [mtg_card]Xenograft[/mtg_card], [mtg_card]Arcane Adaptation[/mtg_card] ou [mtg_card]Mirror Entity[/mtg_card].

  • [mtg_card]Nightmare’s Thirst[/mtg_card]

Remoções de 1 mana devem ser analisadas com carinho. Em geral são condicionais com [mtg_card]Fatal Push[/mtg_card] e [mtg_card]Tragic Slip[/mtg_card] e tais condições devem ser postas na balança para julgar seu bom uso ou não. Na pior das hipóteses, [mtg_card]Nightmare’s Thirst[/mtg_card] custa [mana]B[/mana] e fornece -1/-1 em velocidade instantânea. Porém, nos decks certos pode remover criaturas-chave. Visualizo 2 bons decks para usá-la: [mtg_card]Kambal, Consul of Allocation[/mtg_card] e [mtg_card]Karlov of the Ghost Council[/mtg_card]. No primeiro, com apenas 1 conjuração de um oponente, já torna possível remover uma criatura de resistência 3, com 2 conjurações uma de resistência 5. Já Karlov fará bom uso não necessariamente pela remoção em si, mas por aquele 1 ponto de vida fornecido por [mtg_card]Nightmare’s Thirst[/mtg_card] e 2 marcadores +1/+1. Remover algo é um bônus.

  • [mtg_card]Open the Graves[/mtg_card]

[mtg_card]Open the Graves[/mtg_card] se junta a [mtg_card]Pawn of Ulamog[/mtg_card] e [mtg_card]Sifter of Skulls[/mtg_card] como um produtor de fichas mediante a morte de criaturas não-ficha. Apesar do custo 5, esse encantamento coloca fichas com corpo 2/2 e por serem Zumbis, ainda possibilita um maior grau de sinergia com possíveis outros efeitos. Comandantes como [mtg_card]Meren of Clan Nel Toth[/mtg_card], [mtg_card]Kresh, the Bloodbraided[/mtg_card], [mtg_card]Mazirek, Kraul Death Priest[/mtg_card] e [mtg_card]Lyzold, the Blood Witch[/mtg_card] podem encontrar alguma utilidade aqui.

Por hoje é isso, não deixe de conferir a terceira e última parte da minha análise de Core Set 2019, em breve. Finalizando, já entraremos com tudo nos spoilers de Commander 2018! Espero que tenham aproveitado a leitura até aqui e tenha tido boas ideias. Críticas, sugestões e elogios sempre são bem vindos. Até a próxima!

 

About Mateus Nogueira

Professor da rede pública de ensino no Distrito Federal, formado em Ciências Biológicas, nerd multiclasse, já jogou e aprecia diversos formatos de Magic: the Gathering. É especialmente apaixonado pelo Commander em sua vertente multiplayer, sendo um infeliz sem alma, apreciador de Stax e Combos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *