segunda-feira , julho 15 2019
Home / Entrevistas / Bertu confirmado no #NL19

Bertu confirmado no #NL19

O campeão do Pro Tour Aether Revolt (2017), Lucas Esper Berthoud (Bertu para os íntimos), confirmou ao Eternal Magic nesta sexta-feira (26/4) sua participação no Nacional Legacy 2019. Lucas informou que foi oficialmente convidado por Thiago Duarte, organizador do maior evento de Legacy do país, que este ano será realizado no fim de semana do dia 1/12, em Belo Horizonte (garantam suas passagens!).

Lucas, um grande entusiasta do Legacy (“Com Deathrite Shaman foi o melhor formato de Magic que já joguei na vida”), estava embarcando para disputar o Mythic Championship em Londres, que será realizado neste fim de semana e, portanto, não pôde conversar muito. No entanto, ele respondeu a algumas perguntas e, atenção!, já adiantou algumas informações sobre o deck que vai utilizar no torneio.

Se você ainda não conhece o formato e quer saber mais, procure as ligas regionais ou o grupo de Legacy no Facebook. Com certeza os jogadores veteranos irão ajudá-lo. Por hora, fiquemos com a íntegra da entrevista concedida pelo grande Bertu!

 

1- Há quanto tempo você joga legacy?

Joguei “sério” a primeira vez em 2007 para o Worlds em Nova York, depois retomei nas preparações para o Pro Tour 25th Anniversary em 2018. Escrevi sobre a preparação para o evento aqui:

 

Qual sua opinião sobre o formato?

O ponto forte do formato é que existem decks que permitem diversas micro decisões relevantes que influenciam o resultado das partidas. Legacy com Deathrite Shaman foi o melhor formato de Magic que joguei na vida.

 

Qual sua perspectiva para o Nacional Legacy 2019?

Meu espírito para o torneio é de me divertir jogando com um deck que eu gosto, ainda que não seja necessariamente o melhor ou mais forte para o ambiente.

 

Na sua opinião a Wizards poderia dar mais suporte ao formato?

Com certeza, hoje o suporte que existe é concentrado no Magic Online e em alguns GPs ao longo do ano, sempre no exterior. Não é algo insignificante, mas acho que poderia ter mais apoio para campeonatos “tabletop” na América do Sul.

 

Qual sua carta favorita no Legacy e por quê?

Era Deathrite Shaman, porque era um efeito que permitia a decks não ficarem completamente vendidos no game 1 contra decks de cemitério e de destruição de terrenos. Achei um erro o ban e tomara que isso seja desfeito um dia. Hoje Brainstorm é com certeza a carta que melhor define o formato.

 

Ainda é cedo para revelar o deck que vai usar, mas já pode afirmar que terá Brainstorm?

Vai ter Brainstorm sim.

About Fausto de Souza

Fausto de Souza é pseudônimo do jornalista Marcelo Salles, que joga e coleciona desde 1994. Viciado nas cartinhas e em escrever, tem feito grandes amigos em toda a comunidade e é muito grato por isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *